6 de nov de 2007

O Tricolor e os outros

São Paulo pentacampeão /VIPCOMM


ANTES DE mais nada, quero deixar claro que não sou são-paulino. Torço pela Portuguesa, ó pá! Enquanto meu time se esguela para retornar à Tropa de Elite, vou me abster de comentários lusitanos.

Vale aqui ressaltar a diferença que separa o campeão brasileiro e os demais times que, de tacape na mão e chuteiras enlameadas, batalham para manter seus contratos e patrocínios em alta - seja pela vaga à Libertadores ou para ao menos ficar na série A.

Há ao menos três anos o time do Morumbi vem dando show de competência na administração, no relacionamento com a imprensa, no recrutamento de novos torcedores e, claro, dentro de campo. Muricy Ramalho conta com o melhor goleiro do Brasil, o polêmico - e narigudo - Rogério Ceni. Líder do time e de regularidade assombrosa, Ceni é a referência do time em campo e o capitão que tanto faz falta nos outros times. Se posiciona como poucos e tem a melhor reposição de bola do mundo, o que lhe credenciou à lista de melhores do planeta da FIFA neste ano.

Além do arqueiro, figurinhas novas (Hernanes, Richarlyson) e carimbadas (Souza, Jorge Wagner, Junior, Aloísio), bem como a fabulosa zaga formada por Alex Silva, Miranda e Breno foram decisivas para a conquista do 5º caneco nacional. O fato do Tricolor ter um time entrosado, um treinador que impõe respeito dentro e fora de campo e peças de reposição à altura dos que saem jogando já seria suficiente para derrubar qualquer um.

Mas não, o São Paulo vai além: faz contratos longos e conscientes, recebe um patrocínio quase duas vezes mais lucrativo que seus rivais paulistas, tem uma estrutura física de fazer inveja a clubes europeus e conta com uma equipe de administração e marketing de primeira. E, como sabe que é de platéia que vive o circo, sua diretoria realiza ações para angariar novos torcedores, como levar crianças e adolescentes para conhecer o Morumbi, o CT, a sala de troféus e claro: levar para casa brindes daquele que pode vir a se tornar seu time de coração.

Por tudo isso rapaziada, só posso deixar aqui meus parabéns ao São Paulo Futebol Clube. Um timaço de futebol e uma das empresas mais vencedoras dos últimos tempos.


3 comentários:

MJ disse...

TRI-color
TRI-Mundial
e PENTA Brasileiro. Precisa dizer + alguma coisa???

Tony disse...

É, MJ.... mas vc acha que o Telê tem que continuar no comando, mesmo insistindo com o Zetti no gol?

Thiago Padula disse...

Eu sempre vou nos jogos da Lusa, porque uma amiga minha torce pro time do Canindé e, claro, é a única pessoa do mundo. Num desses jogos, contra o Fortaleza, tava lá o Zetti no banco dos cearenses, e foi estranhamente incrível, porque foi por causa dele que eu virei são-paulino. Então se eu li seu texto todo com um sorriso bobo na cara, a culpa é dele.

Related Posts with Thumbnails