23 de mar de 2010

BJ Amazing Songs: The Uncles


SE A MÚSICA NACIONAL vive uma eterna transição entre as revoluções diárias dos anos 80 e o abismo criativo que tá pra fazer bodas de prata, ao menos lá fora a coisa vai bem. Oasis e Blur tiveram dezenas de rebentos pródigos no britpop, Strokes deu novos rumos ao rock e Beyoncé e Lady Gaga reinventaram o pop dançante e lascivo.

E pra quem curte uma levada mais cadenciada, gostosinha, para ouvir no carro ou à meia luz repleto de segundas e terceiras intenções, dois tiozões acertam em cheio na mão. Uncle Kracker e Uncle Bob, cada um à sua maneira, aprenderam direitinho como embalar um momento raro e esculpir um refrão marcante.

                            
Se o expansivo Kracker se encaixa perfeitamente no clímax das comédias românticas, Bob assume uma postura mais introspectiva. Assim como John Mayer, ele vai comendo pelas beiradas, e quando você dá por si NHOC! - lá se foi toda a refeição (com direito a sobremesa e cafezinho).  

Uia! Quer dizer que os tiozão são bão memo? Bah, dá o play e tire suas próprias conclusões:


Tio Kracker



Tio Bob








21 de mar de 2010

Dilmão x Joãozinho

 

E NO EMBALO DE SUA campanha presidencial, a ministra Dilma Rousseff foi a uma escola conversar com as criancinhas, acompanhada de sua comitiva.

Depois de apresentar todas as maravilhosas propostas de governo, disse aos pimpolhos que poderiam ficar à vontade para fazer perguntas.

Ao que um deles prontamente abanou a mão:

- Qual é o seu nome, meu filho?
- Paulo.
- E qual é a sua pergunta, Paulinho?
- Na verdade eu tenho 3 perguntas.
- Mas que garotinho voluntarioso! E quais são as suas perguntas, querido?

A primeira na verdade é do papai:
"Onde tão os milhões de empregos prometidos na última campanha pra presidente?"

A segunda é da mamãe:
"Quem matou o Prefeito Celso Daniel?"

E a terceira é minha mesmo:
"A senhora afinal sabia do mensalão ou não?"

Dilma fica meio zureta, mas antes que comece a responder a campainha do recreio toca. Ela anuncia então que continuará a responder depois do intervalo.

15 minutos depois, todos estão de volta. Dilma diz:

- Acho que ia responder perguntas né, turminha? Quem tem perguntinhas?

Um outro garotinho levanta a mão e Dilma aponta para ele.

- Pois não, qual é o seu nome?
- Joãozinho, e tenho cinco perguntas.

Dilma se contorce toda, comprime os lábios e autoriza o garoto com um sorriso amarelo.

Um: Onde estão os milhões de empregos prometidos na campanha presidencial passada?
Dois: Quem matou o Prefeito Celso Daniel?
Três: A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?
Quatro: Por que que o sino do recreio tocou meia hora mais cedo?
E cinco: Cara... CADÊ o Paulinho?????






20 de mar de 2010

Pequenas coisas que irritam MUITO



- Gente que se abraça pra mandar abraço ou faz coraçãozinho com a mão.

- Megahits Highlanders como "Rebolation", que duram no mínimo 1 ano in-tei-ro.

- Ser chamada de fofa, amiga, colega, flor ou xuxu.

- Expressões da perdida geração Mignon, como "fala sério", "uó", "affff" e "ninguém merece".

- Meninas com vocabulário drag, sabe bee? Alokaaaaaaaaaaaa!!!

- Ser xavecada na fila de pagar da balada, só pra entrar pro "ranking".

- Homem de regata na balada.

- Gel.

- Qualquer pessoa de óculos escuros e/ou boné na balada.

- Depois de séculos sem falar comigo, perguntarem no MSN: "e aí, 9dades?"

- Socialismo de iPod no busão.

- Fone de ouvido funcionando de um lado só.

- Filas neverending para carregar Bilhete Único.

- Cheiro de cocô misturado com Bom Ar.

- Fichas de cadastro que perguntam até o nome do primeiro namorado.

- Telefonema de ex-namorado bêbado fazendo juras de amor.

- Vozes simpáticas no telemarketing, me tratando como se eu fosse uma velha conhecida.

- As incompreensíveis trilhas sonoras de taxis, dentistas, elevadores e espera de telefones.

- Gente chata que puxa assunto na fila do banco.

- Gente chata que puxa assunto no ponto de ônibus.

- Gente chata que puxa assunto no elevador.

- Gente chata que puxa assunto no espelho do banheiro.

- Gente que fica inconformada se eu digo que vou ficar em casa sábado à noite.

- Evangélicos com síndrome de Inri Cristo que citam salmos aos berros pelas ruas.

- Sotaque de patricinha paulista, tipo assim: juuura que tá namoraaaaaando, meooo?

- Sotaque de malandro carioca que vai no jogo do Vaishcaaaaaum, nénauuuuum mermaaaauuuum?

- Piadinhas de Pedro Bial no Big Brother.

- Gente que discute por causa de Big Brother.

- Beijo de língua sem língua.

- Beijo de língua com estupro de língua.

- Coca-cola de máquina com gosto de água de privada.

- As caixas hiperativas do McDonads's.

- Os garçons deprimidos do Habib's.

- Propaganda de caldo de panela.

- Pizza delivery sem azeitona.

- Pizza de catupiry tabajara.

- Pizza de chocolate hidrogenado.

- Homem com cecê in natura.

- Perfume de mulher mais doce que leite condensado com mel.

- Novelas com Regina Duarte.

- Novelas com Paloma Duarte.

- Fernanda Young.

- Márcia Gol do Schmidt.

- Jô Soares.

- Galvão Bueno.

- Amaury Junior.

- Rafinha Bastos.

- Bruno de Lucca.

- Zeca Camargo.

- Zezé di Camargo.

- Wanessa Camargo.

- VJs ultra-descolados da MTV.

- Filmes com artistas globais.

- Filmes da Xuxa/Angélica/Eliana.

- Filmes com Meg Ryan.

- Filmes com Jennifer Anniston.

- Vídeos de gatinhos fofos.

- Gemidos artificiais em filme pornô.

- Historinhas toscas em filme pornô.

- Não ter assunto pra postar.




14 de mar de 2010

Ao Glauco, com carinho.


DOIS DIAS APÓS o triste e covarde assassinato do cartunista Glauco e seu filho Raoni, dezenas de cartunistas, amigos e admiradores prestaram sua sincera homenagem ao homem e colega de profissão. O blog Universo HQ abriu espaço para os mais variados tipos de adeus e desabafos, que vieram em forma de textos e desenhos.

Pincei alguns dos mais legais e inspirados:














Obrigado por tudo, Glauquito. Geraldão, Geraldinho, Dona Marta, Casal Neuras, Doy Jorge, Zé do Apocalipse e Nostravamus perderam seu pai, mas ganharam uma estrela brilhante e sorridente no céu. Me despeço de você com dor no coração e um trechinho do mestre Shakes: 

"Se a morte predomina na bravura
Do bronze, pedra, terra e imenso mar,
Pode sobreviver a formosura,
Tendo da flor a força a devastar? 

Como pode o aroma do verão
Deter o forte assédio destes dias,
Se portas de aço e duras rochas não
Podem vencer do tempo a tirania?
 
Onde ocultar - meditação atroz -
O ouro que o tempo quer em sua arca?
Que mão pode deter seu pé veloz,
Ou que beleza o tempo não demarca?
Nenhuma! A menos que este meu amor
Em negra tinta guarde o seu fulgor."





* A galeria com todos os desenhos publicados você encontra aqui.




7 de mar de 2010

and the Oscar DON'T go to...


NO OSCAR DAS SURPRESAS e no Dia das Mulheres, duas mulheres saíram como as grandes vencedoras da noite.

Kathryn Bigelow, lindíssima, ganhou um prêmio triplo: foi a primeira mulher a vencer na categoria Melhor Direção, desbancou seu ex-marido na disputa e viu seu filme 'Guerra ao Terror' - que se não fosse pela indicação ao Oscar teria ido direto para as locadoras daqui - derrubar o favoritíssimo Avatar no prêmio maior da noite.

Bigelow: a estrela da noite

Já a botocada Sandra Bullock renasceu das cinzas e das comedinhas caça-níqueis para ganhar a estatueta de Melhor Atriz, prêmio que poucos imaginariam que um dia seria seu. Ainda não conferi sua atuação em 'Um Sonho Possível', mas fontes seguras atestam que seu desempenho foi, veja você, primoroso. A Miss Simpatia foi ainda a dona do discurso mais inspirado e emocionado da noite, homenageando a equipe e elenco do filme, cada uma de suas concorrentes, todos que um dia a criticaram "com razão" e as mães de todo o mundo.


Bullock: da Framboesa ao Careca 

Na categoria Melhor Ator eu apostava minhas fichas no fofo do Morgan por seu Mandela em 'Invictus', mas fiquei feliz com a conquista do não menos fabuloso Jeff Bridges ('Coração Louco'). Como era esperado, Christopher Waltz levou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante por seu impagável coronel Landa de 'Bastardos Inglórios' - mas na de Melhor Atriz Coadjuvante, outra surpresa: Mo'Nique, que não tem sobrenome e é a cara da Queen Latifah, foi a premiada pela mãe da protagonista de 'Preciosa'.

Chris Waltz: o gol de honra de 'Bastardos'

Fechando a noite das zebras, o argentino 'O Segredo dos seus olhos', com o onipresente Ricardo Darín no papel principal, desbancou o badalado alemão 'A Fita Branca' e faturou a categoria Melhor Filme Estrangeiro. Fiquei curiosa pra ver!

Sandra, Carey, Charlize e Cameron in'tha red carpet: poderosas e estonteantes

Os loosers da noite acabaram sendo 'Bastardos Inglórios', 'Amor sem Escalas' e 'Avatar'. Ainda não foi dessa vez que Quentin Tarantino, o maior entertainer de Hollywood, subiu ao palco para celebrar o prêmio de melhor diretor (aguardo esse dia ansiosamente). O filme aéreo de Jason Reitman, que concorria em 5 categorias, saiu de mãos abanando. E a maior bilheteria de todos os tempos, que entrou com chances de arrebatar nove estatuetas, saiu com apenas três - todas elas técnicas.


Para saber tudo que rolou e não rolou na 82a edição do Oscar, você pode ir direto no site oficial dos caras ou bisoiar a cobertura com close caption.



*Imagens by Getty Images

1 de mar de 2010

O vencedor do BBB10




PARA OS QUE AINDA ACREDITAM em Coelhinho da Páscoa, Papai Noel e em agir com o coração ao se submeter a um confinamento em uma casa com câmeras que transmitem você 24 horas por dia pro Brasil inteiro, titio Tabasco avisa: Big Brother is a fuckin' game, e ganha quem jogar melhor - simples assim. 

Salvo as exceções sociais (Cida, Mara), todos os vencedores anteriores levaram o milhão porque sacaram melhor as regras do jogo. Kleber Bambam, Rodrigo Cowboy, Dhomini, Jean Willys, Alemão, Rafinha, Max. Todos (aparentemente) homens, todos com algum detalhe que os diferenciava dos demais - de uma boneca de lata a tatuagens estratégicas, passando por um chapéu com a imagem de Nossa Sra., o cabelo de Johnny Bravo, as musiquinhas marcantes e a metade dos casais que transformaram o BBB em um híbrido de novela das 8, South Park, Malhação e Você Decide.

O grande favorito ao agora milhão e meio é o improvável Marcelo Dourado. Dourado consegue a proeza de reunir, debaixo daquele moicano calvo, um pout-pourri de anti-heróis: é ogro como Shrek, lutador e sereno como Rocky Balboa, abobalhado como Jack Sparrow, solitário como John Wayne e, assim como o persistente Luiz Inácio, está tendo uma nova oportunidade para mostrar seus valores.

Para facilitar ainda mais seu caminho, seus adversários - com exceção talvez do tal de Eliéser, inteligente como uma zebra - parecem reconhecer que o público está ao lado do gaúcho. Evitam bater de frente, temem o debate de ideias, se esquivam como podem  e, quando o programa é ao vivo, ficam na condição de coadjuvantes sem contorno como você vê na imagem aí em riba.

As 3 mulheres que reuniam alguma chance de ganhar a 10a edição (Tessália, Elenita e Angélica) já se foram. Os dois coloridos restantes seguem firmes no páreo; seguramente um deles chegará à final. Dentre os homens, apenas o birolão Cadú (quem diria!) parece esperto e equilibrado o suficiente para fazer frente a Dourado.

Bem, não podemos esquecer de que há o fator Boninho. Se num belo dia José Bonifácio Brasil de Oliveira acordar com a pá virada, as câmeras eclipsarão o favorito num passe de mágica. E a edição, amparada pelos despretenciosos pitacos bialísticos, se encarregará de colocá-lo como inimigo número 1 do Brasil.

Vai dizer que nao vale a pena dar uma espiadinha?





Related Posts with Thumbnails