6 de nov de 2007

Libertadores 2008

Luxa, técnico do Santos/UOL

POISÉ gente boa, a briga pelas três vagas restantes da Libertadores 2008 deve mesmo se estender até a última rodada do campeonato.

No começo do torneio, apostei minhas fichas em São Paulo, Botafogo, Grêmio e Santos. Desses, só o time do Cuca degringolou e deve ficar pelo caminho. São Paulo campeão, continuo apostando nos outros dois. O Santos subiu muito de produção, Luxa está motivado e tem dois jogos relativamente fáceis - Paraná fora e Fluminense na Vila - além do Flamengo, que é indigesto no Maracanã. Tem tudo para ser o vice-campeão. Nos meus cálculos, com 66 pontos.

O Grêmio tropeçou feio nas últimas rodadas e se distanciou um pouco, mas deve ficar com sua vaguinha. Pega o relaxado Tricolor no Morumbi, o rebaixado Ameriquinha em Natal e o ameaçado Corinthians em casa. Tem tudo para somar 3 vitórias, chegar a 64 pontos e carimbar seu passaporte pelo segundo ano consecutivo.

A última vaga fica entre Cruzeiro, Flamengo e Palmeiras. O Verdão tinha tudo para vencer essa briga há duas rodadas, quando tinha pela frente Juventude e Sport, teoricamente duas vitórias e mais 6 pontos na conta. Inexplicavelmente (alguém tem algum palpite?), o time de Caio Junior fez duas apresentações pífias, sofreu duas derrotas e agora se vê em mals lençóis. Tem Fluminense e Atlético MG em casa, além do Inter no Beira-Rio. Para ficar com a vaga, somente 3 vitórias e um improvável tropeço do Mengão no Maraca. Isso sem Valdívia, que vai a julgamento e deve pegar uma pena absurda. Missão impossível? Na minha opinião sim. Uma vitória, um empate e uma derrota e o Verdão encerra sua participação com 59 pontos.

Com dois triunfos em três jogos, o Cruzeiro está dentro. Pega o América em casa (barbada), Inter e Sport fora. Pela insconstância do time de Dorival Junior, o desempenho do time mineiro é uma incógnita. Acredito em duas vitórias, 63 pontos na bagagem e festa em BH.

Apesar da derrota para o Cruzeiro na última rodada, o Flamengo vem embalado para voltar à América depois de seis longos anos (2002), quando nem sequer alcançou as oitavas. Para chegar lá, tem desafios duríssimos: Santos e Atlético Paranaense em casa e o Náutico, nos Aflitos. Com 3 vitórias, o rubro-negro chega lá sem depender de ninguém. Assim como o time do Parque Antácrtica, deve fazer 4 pontos, chegar a 59 pontos e morrer em sua linda praia.




2 comentários:

Vickye disse...

SAAAAAAAAAAAANTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Rumo à Américaaaaaa =D

Vince disse...

SANTÁSTICO NA FITAAAAA!!!!!

Related Posts with Thumbnails