29 de jan de 2008

EM CARTAZ - A Vida dos Outros

DIZEM QUE, a exemplo de seus produtores, os filmes alemães são frios. Discordo: os três que assisti até agora - 'Adeus, Lênin', 'A Queda' e 'A Vida dos Outros' - provam justamente o contrário. São verdadeiros convites a uma imersão na complexidade das relações humanas, tratadas com sensibilidade de fazer inveja a qualquer discípulo de Almodóvar.

Como estou dando um gás nos filmes que ainda estão passando nas telonas, vou dar uma pincelada no terceiro. Mas aconselho de olhos fechados a assistirem os outros dois, verdadeiras pérolas do ascendente cinema alemão.



A VIDA DOS OUTROS ('Das Leben der Anderen', 2006)
Drama, 137 min.



Direção e Roteiro: Florian Henckel von Donnersmarck
Com: Sebastian Koch, Ulrich Mühe e Martina Gedeck

Sinopse: Ministro da Alemanha Oriental, com segundas intenções, ordena que o maior dramaturgo do país (Koch) seja vigiado pelo serviço secreto. O trabalho é designado ao frio Capitão Wiesler (Mühe), que, ao participar do cotidiano do autor, mergulha em sua vida íntima e passa a compartilhar de seus ideais.

Bastidores:
*O orçamento do longa foi de modestos US$ 2 milhões;
*É o grande recordista de indicações da história da premiação anual alemã, concorrendo em 11 categorias.

Oscar: venceu o de Melhor Filme Estrangeiro, em 2007, além de 5 outros prêmios de Melhor Filme e 3 de Melhor Ator (Ulrich Mühe).

Por que assistir: A Vida dos Outros é mais que um filme. Aliás, o que ele menos parece é um filme. Com roteiro e direção impecáveis e atuações contidas no limite do impessoal, fuzila seu consciente e vai direto no sub, mexendo com a emoção e a idéia do que é certo e o que é errado. Ulrich Mühe arrebenta no papel do gélido e solitário Capitão Wiesler, e os diálogos entre os dramaturgos da Alemanha Oriental (brilhantemente reconstituída) são deliciosos. Como diz o cartaz acima, uma Masterpiece. Ou, como diz na terra do chucrute, uma Meisterwerk!


Avaliação: @@@@@ IMPERDÍVEL!!!


Trailer:


5 comentários:

Vince disse...

Olha, nesse eu assino embaixo. O cinema nacional poderia beber mais das fontes alemãs, que acertaram a mão nesse Puta Filmaço!

Brandon disse...

Assisti no ano passado. Tá entre os cinco melhores que vi nesses 11 anos. Bão demais!!!

Marion disse...

Esse eu não vi...
Vai comigo Jo-jo?! Eu compro a pipoca!!!

Nath ° disse...

Eu tenho um outro alemão p/ recomendar: Um Amor Além do Muro.
é um romance, ou seja, é BASTANTE sensível.
Filmes europeus geralmete são otimos =]
até os mais "adolescentes", como Albergue Espanhol e Bonecas Russas
;*

Holly disse...

Boas dicas Nath, vou pegar pra assistir!

Você viu A culpa é do Fidel???

Beijo!

Related Posts with Thumbnails