26 de abr de 2009

Gordo é gol!

Marcos Ribolli/Globoesporte

Sou de suar minha camisa
Conquistar minha divisa
Eu já provei que eu sou Ronaldo
E se você não acredita
Que eu não sou de fazer fita
É só esperar pra ver
Ronaldo é gol
Ronaldo é gol

Quando disse que a contratação de Ronaldo pelo Corinthians tinha dado certo antes mesmo do Fenômeno entrar em campo, me referi ao lado mercadológico da bagaça. Por sua inigualável carreira - e por ser um dos caras mais famosos do planeta - era óbvio que ele traria patrocinadores parrudos e venderia a 9 do Timão como água.

O que eu - e 99,9% da crítica esportiva - não esperava era que o cara, balzaco, gordo como um leitão, com opções sexuais no limite do alternativismo e saído pela porta dos fundos do Milan, iria voltar a exibir AQUELE futebol.

É claro que as arrancadas fabulosas dos 20's não rolam mais (apesar do belo remember de uma semana atrás, no baile contra o São Paulo). Ele não tem pulmões e joelhos pra isso. Mas a rapidez de raciocínio, o corte para o lado trocando a perna da bola e a tranquilidade de monge nas decisões permanecem intactas.

Ainda longe de sua melhor forma, o cara jogou um balde de água fria na torcida do Palmeiras, uma piscina na torcida do São Paulo e um container nos santistas, ao marcar gols decisivos em todos os clássicos e colocar 9 dedos corintianos na Taça de Campeão Paulista.

Como diz a música de D2, Ronaldo não faz fita: ele dá 3 toques na bola e deixa a Fiel falar por ele.




5 comentários:

Pi Pi Piriri Pi Pi disse...

Há algumas semanas, comprei um imã (eu e minha geladeira) com aquela foto de Ronaldo arrebentando o alambrado do Pacaembu com os seguintes dizeRRRes: "Só quem é Corinthiano, sabe O QUE É ser Corinthiano". Corrijam-me se eu estiver errada, mas Ronaldo é flamenguista. Meu amigo blogueiro aí, parmeira. E ambos conseguem trazer muito mais emoção quando o assunto é futeba PRA MIM do que torcedores de outros times.

Fiz parte daquele 0,01% que acreditava no GORDO. Porque 2002 é muito vivo pra mim ainda. Porque a capacidade de se superar, de se reinventar, é algo muito presente em minha vida. Pessoas assim me inspiram.

Não há como passar incólume por essa temporada de Ronaldo. Marketing? Também. Mas eu não critico, tenho uma formação acadêmica semi-marketeira. E acho que isso não precisa necessariamente atrapalhar.

Sim, eu falo demais, escrevo demais, sou EU demais.

Mas que adorei ver a cara de Fábio Costa olhando a bola fazer um arco sobre ele e Pelé desconcertado, isso eu ADOREI.

Marion disse...

Misericórdia esse 2o gol, hein??? Vai jogar assim lá no Morumbi!!

Anônimo disse...

Pelé que se coçe pois o gordo vai ser melhor que ele... rsrsrs

Naaathyy! disse...

Ai que texto mais lindo, que gordo mais lindo, que time mais lindo. :D

mari abdo disse...

Carlton, não sou corinthiana graças a Deus! Mas estava comentando essa semana que essas vitórias do "curintia" foram as únicas em toda a minha vida que não me deixaram de mal humor. A torcida do Ronaldo vai além dos gambás! Esse gordo manda muito bem e só não me arrisco a escrever que ele é melhor que o Pelé pq não vi o Rei jogar!
Amei o texto!

Related Posts with Thumbnails