21 de mai de 2009

Era um garoto que como eu...


AMAVA OS JONAS BROTHERS E O MCFLY!

- Epa, epa, epa! Que várzea é essa??? Já não basta as toneladas de maquiagem do rock de pau mole nacional e você agora me vem com McFuckers e Jonas Broxas?

Calma, rapaz. A comparação não vai além da musiquinha do saudoso Gianni Morandi, que ganhou sua versão brazuca pelas guitarras dos Engenheiros do Havaí.

Longe de mim querer nivelar as duas maiores lendas do rock com as pegadinhas do Mução. Ainda assim, acredito que vale escrever algumas linhas sobre as duas maiores bandas teen da atualidade.

Peço licença aos fãs para deixar de fora os hormônios aprisionados do High School Musical, já que playback e passinhos coreografados não dão o alvará para se enquadrarem na categoria ‘banda’.

O McFly é aquela típica bandinha ordinária nascida da mais pura vontade dos integrantes de comerem xoxotas alcançarem a fama pelo caminho mais curto. Se valendo da combinação integrantes bonitinhos + refrões melosos + estilinho I’m very crazy para lotar o show de adolescentes órfãs dos Backstreet Boys – e molecotes oportunistas que aproveitam a ocasião para colocá-las nos ombros - não obstante o quarteto aparece no topo das paradas de sucesso americanas.

Com média de idade de 23 anos, o McFly se auto-declara uma banda de ‘sexy pop’ (entrevista para a Folha), e tem hábitos que, se não chegam perto das esquisitices dos jovens Keith e Mick, ao menos lembram as presepadas juvenis do Blink 182. Em todas as cidades que se hospedam, eles fazem uma competição para ver qual pizzaria entrega a pizza mais rápido. E antes de entrar no palco, repetem sempre o mesmo ritual: sentam na privada e colocam a criançada para nadar. Bah, malandro é o cavalo-marinho*!

O clã dos Jonas é ainda mais precoce. Com 16, 19 e 21 anos, os irmãos nasceram nos seriados Disney, e antes mesmo de completar 2 anos de carreira já chegaram à marca de 10 milhões de discos vendidos - número de fazer inveja até pra rapaziada de Liverpool.

Seu diferencial obviamente não é o som, facilmente confundido com qualquer uma das milhares de bandinahs teenagers de garagens aveludadas. O que faz dos Jonas um fenômeno – noves fora o apadrinhamento de titio Walt – é justamente a postura Beatle. Além de serem engomadinhos e terem um aspecto de Menudos recém-ensaboados, Du, Dudu e Edu trazem em seus dedos um anel de pureza, no melhor estilo Frodo Bolseiro.

Tosco, né? Ou não. O adorno virou hit entre os fãs, que se uniram a Kaká e Sandy para abraçar a causa, protelando as bimbadas para a sagrada Honey Moon. Santa punheta!

Se você quiser conferir ao vivo o que os Lennons e Jaggers dos novos tempos estão aprontando, as duas bandas estarão no Brasil no final desse mês. Não vai rolar Help nem Ticket to ride, mas pode ter certeza de que não faltarão posts e foteenhas orgulhosos de terem comparecido ao 'show do ano'.


*que finge que é peixe pra não ter que puxar carroça.




10 comentários:

Marion disse...

Morde a lingua pra falar dos Jonas Brothers, seu imundo!!!

Mariana Baldin disse...

Fala sério, você é fãzaço do Jonas Brothers... a velhinha que sabe das coisas te sacou na hora! ;)

Hally disse...

Show do ano? Hein? Hahahahahahaha.

Acho que até mesmo o Nazareth que vai fazer show em Pato Branco (sim, ela existe, e não é invenção do Miguel Falabela. Se fosse, eu não teria nascido lá :P) vai ser um show melhor que este.

Estes adolescentes são meio bitolados, ou fui eu que já nasci com 10 anos. Na minha (não tão) longíqua adolescência, eu curtia mesmo Guns n' Roses e Legião. Mas, como a experiência é a melhor coisa que a gente ganha com o passar dos anos (pra não dizer a ÚNICA), hoje meu gosto é mais refinado, dando lugar aos clássicos AC/DC e Led Zeppelin...

Tá, chega de rodeios, o que quero dizer, é que, de repente, este mundo não está tão perdido assim... Podemos ainda acreditar que um dia eles crescem, e começam a pensar, não só em punhetas (como os seguidores do santos do pau oco), mas pensar coisas mais úteis, como uma música que tem mais que um belo trio afinado (aliás, não sei se é afinado, pois nunca ouvi, e nem quero!).

Passado o momento "loucura total/Mallu Magalhães , miss nada com nada", odiei a comparação...
hahahahahahahahaha

Namoro na Boa disse...

Alô rapaziada! Alô Renato!

Meu, tá certo que eu sou velho, mas essas bandinhas só servem para aparecer como um Tufão e sumir num anonimato pior que o do Peter Franpton, que após emplacar vários sucessos, estava na rua tocando para pedestres (salvo por um produtor que o retirou das drogas e da miséria). Lembram-se do Twitter (não o microblog)?, e tantas outras bundinhas (digo bandinhas) inglesas com som inodoro, sem sal e nem açúcar...
Saudades de Purple, Black Sabbath, Emerson, Lake & Palmer, Beatles, Triunvirat, Led Zeppellin, Queen, etc., etc....

Sucesso a vocês!
Abraços

Vince disse...

eu NÃO ACREDITO que vc se deu o trabalho de pesquisar sobre esses merdinhas!!!

Katharine disse...

Oi Vickye, obrigada pela dica!!! :) beijos fofa!

Hally disse...

"Lembram-se do Twitter (não o microblog)?, e tantas outras bundinhas (digo bandinhas) inglesas com som inodoro, sem sal e nem açúcar...
Saudades de Purple, Black Sabbath, Emerson, Lake & Palmer, Beatles, Triunvirat, Led Zeppellin, Queen, etc., etc...."

Disse tudo!
O pior é que, pelo menos o Frampton tinha talento, coisa que eu acho meio difícil nestes exemplos aí...

Anônimo disse...

Juro, naum gastarei meu precioso tempo falando sobre bandchenhas assim!
Até pq stou scutando Morrissey nesse momento, e certamente ele naum me perdoaria se eu o interrompesse para cometer tal erro.

Ah sim... Passando pra marcar presença, pegar o link e mandar esse posts pras minhas priminhas de 10-15 anos. ADOOORO dar uma 'inticadinha'...

Bjo

=*

Dari

Anônimo disse...

Seu RETArdado.... naum vem falar mal dos Jonas não seu cretido... vai procurar o q fazer meu....sua dor de cotovelo fala mais alto neh...

Anônimo disse...

Good poѕt. Ӏ'm facing some of these issues as well..

Feel free to surf to my weblog - gardening

Related Posts with Thumbnails