11 de nov de 2009

As Mulheres do Ano

LISTAS, RANKINGS E TOP FIVES são como ensaio de Playboy: mesmo sendo coisa esquisita, a gente passa pra dar uma conferida. Não é o caso desse "Glamour Magazine's Women of the Year", listinha anual da revista americana Glamour que premia as 12 mulheres mais influentes/importantes do ano.

Confesso que não conhecia nem metade da lista, e fiquei bastante surpresa com a diversidade e a relevância dessas madames, moçoilas, senhoras e senhoritas. Cada uma à sua maneira, elas de fato vêm fazendo a diferença em suas áreas de atuação - seja exercendo sua profissão ou usando seu nome e fama para alavancar grandes ações sócio-ambientais.

Senhoras e senhores, homens de fé e pagãos: com vocês as mulheres do ano!


Michelle Obama, senhora Barack e primeira dama do planeta, escolhida por suas ações de impacto (prêmio L'oreal) no mundo dos negócios, moda, entretenimento, esportes e política, claro;

Rihanna, a garota Umbrella (ella-ella, ê, ê, ê), que após levar uns tabefes do babaca do Chris Brown iniciou uma cruzada internacional contra a violência às mulheres;

Maria Shriver, primeira dama da Califórnia e mulher de Little Arnold; líder de diversos movimentos em prol dos direitos femininos;

Stella McCartney, filha do fofo do Paul, designer de moda famosérrima e defensora dos animais (além de aujudar ONG's, ela se recusa a trabalhar com peles dos bichinhos em suas criações);

Amy Poehler, atriz, comediante e uma das vedetes das ações sócio-ambientais lideradas por Hillary Clinton; foi apontada como exemplo de inspiração para mulheres e adolescentes;

Marissa Mayer, vice-presidente do Gúgou. Precisa dizer mais alguma coisa?

Serena Williams, tenista multicampeã e dona de uma incrível fundação filantrópica que financiou uma escola no Quênia;

Dra. Jane Aronson, pediatra figurona que vem ganhando destaque por sua política com crianças órfãs, através de sua Fundaçao Mundial de Crianças Órfãs;

Susan Rice, agente e embaixadora norte-americana na ONU que luta para levar os direitos das mulheres à pauta das reuniões da Organização;

Laura Ling e Euna Lee, jornalistas chinesas que foram detidas e ficaram 4 meses presas na Coréia do Norte por conta de uma matéria sobre cidadãos locais que fogem do duro regime opressor em que vivem;

Maya Angelou, escritora e ativista de direitos civis, um híbrido de Martin Luther King com a Babá dos Muppet Babies.


O time completo tá aí em cima. Sabe me dizer quem é quem sem dar um Google?




2 comentários:

Ana disse...

HÁÁÁÁÁÁ!

Tabasco disse...

Senti falta de latinas nessa lista, tá caseira d+ pro meu gosto!!

Related Posts with Thumbnails