14 de jan de 2009

Por uma vida mais devassa

OLHA... ACHO MUITO legal todo esse papo de levar uma vida mais sincera, ativa e com propósitos solidários e construtivos. Papo sério! Admiro demais as pessoas que se levantam da cama animadas, cheias de coragem e prontas para domar na unha o leão do dia.

Entrar no espírito das datas comemorativas, então, definitivamente não é pra qualquer um. Eu bem que queria ficar empolgadaço com o "Ano Novo", felizardo no Natal, romanticão no Dia dos Namorados e cheio de graça no Carnaval. Mas acontece que simplesmente não rola.

Na escola, enquanto todos cantavam a música do coelhinho, eu só queria saber onde raios estava escondido o meu ovo. Bah, que mané vermelho, azul e amarelo também! Esperar até MEIA-NOITE pra comer o peru? E aqui entre nós: pular ondinha uma pinóia!

É por essas e outras que encaro o Novo Ano como uma bela oportunidade para prorrogar o contrato com o galanteio esportivo, as colas na manga e a piscadela marota. Num mundo onde quem dá as cartas conhece cada orelha do baralho marcado, nada mais natural que sentar na mesa do truco pedindo 6 e batendo na mesa (mesmo sem ter sequer um valetinho na mão).

Maaaaaaas, já que a idéia é ter 'objetivos condizentes com seu jeito de ser', resolvi montar uma pequena listinha com meus novos valores pra esse ano que tá mais com cara de encaixe que de 'agora vai':


1. Transparência. Falar para todas as pessoas que exalam cheiros desagradáveis de seu problema crônico que só faz atrasar a harmonia da humanidade;

2. Compreensão. Não tirar o telefone da orelha quando a mamãe fica dando pití;

3. Compaixão. Parar de assustar meu irmãozinho à noite, fazendo barulho de fantasma e invocando espíritos do além;

4. Honestidade. Passar de ano sem recuperação, sem colar e sem super-atestados de pneumonia contagiosa;

5. Integridade. Parar de dar parabéns pelo orkut, roubar no Stop e fazer piadinhas maldosas com os freaks só porque eles dão risada com cara de choro;

6. Coragem. Mesmo numa manhã fria e chuvosa, quando o alarme tocar levantar da cama, tomar café, me trocar e sair a tempo de chegar na lendária 1ª aula;

7. Fé. Orar sempre pela saúde e bem-estar da minha família e amigos, e não apenas quando tô lascado por nota, por pendengas financeiras ou por acúmulo de affairs;

8. Respeito. Quando for ao cinema, evitar infantilidades como fingir que o microfoninho das bilheteiras tá com ruído, brincar de montanha-russa na cadeira e tacar pipoca na cabeça das pessoas na diagonal;

9. Sinceridade. Parar de falar pras gordinhas que elas são meigas, dóceis e 'até que bonitas de rosto';

10. Companheirismo. Ler de verdade os posts dos meus colegas aqui do blog, e não só passar o olho e fazer um comentário pra me mostrar inteirado.


Sim, de fato: um pequeno passo para um homem. Mas um GRANDE salto para uma sociedade que abafa seus peidos oprimidos e clama por elogios sinceros, chamegos intensos e palavrões carinhosos. E de boca cheia, faiz favô.






6 comentários:

Marion disse...

Quer dizer que o snehor não lê os posts dos 'colegas do blog'?

Boniiiiiiiiiito!!!

Nathália Rodrigues disse...

"pular ondinha uma pinóia!" ahahahaha
esse mal humor me dá um ânimo, voraz!

Duduzinho disse...

legal o novo post!!!
Adoro vcsssss.. =D

mari disse...

Eu clamo por chamegos intensos
Buááá!!

Que Nem disse...

naum visto mais esse blog
e tenho meus motivos!

bléééé!

splendid disse...

fendi bag
fendi hand bag
fendi spy bag
fendi bags
dolce gabbana

Related Posts with Thumbnails