15 de out de 2008

Profissão Perigo - Ascensorista de Elevador

A EVOLUÇÃO DOS animais nos fez bípedes, trocou a cauda por um discreto ossinho no cox, nos deu visão multicolor e uma temperatura corporal constante - esta última imprescindível para não virarmos uma banana flambada no Saara ou um tartufo no Alasca (tá, vai, a chance de ir a esses lugares é ínfima, mas vale a comparação).

Porém, a teoria-lei do vovô Darwin esqueceu de levar consigo alguns 'apetrechos', que - não bastasse sua inutilidade - ainda por cima causam transtorno e uma dorzinha deveras incômoda. Quem aí não passou intermináveis minutos de apuros na cadeira do dentista para tirar os benditos dentes do ciso? Ou pior: teve seu momento 'Albergue', naquela cabulosa salinha de operação para arrancar o apêndice?

Isso sem falar nos pentelhos, que elegem alguns premiados para nascerem em profusão e torná-los atração de circo, motivo de chacota na galera, de enrosco no dente ou vítimas da cera quente. Este, aliás, um artifício muito mais doloroso que útil, já que após uma semana o cidadão fica parecendo um porco espinho emperebado.

Toda essa lenga-lenga é para falar das profissões que, mesmo com o avanço da sociedade, da tecnologia e do sistema de rodízio de pizza, seguem firme em seu propósito, assim como os cabelos que insistem em povoar algumas busanfas nádegas.

Como tenho sérios problemas com lugares fechados e apertados, resolvi começar com o ofício que me dá calafrios só de olhar para a imagem acima: o de ascensorista de elevador. Existe profissão mais infeliz que a de ascensorista de elevador?

Além de trajar um uniforme ri--cu-lo, o coitado(a) tem que ficar o dia todo preso na caixinha, subindo e descendo e dando bom dia, boa tarde e boa noite para cada um que entra. Sem contar os desgraçados que, nos poucos segundos que ali permanecem, deixam uma bufa lembrança no ar que fica enclausurada, mudando de aroma ao sabor do movimento vertical. E pra descobrir quem foi?

Dependendo do estabelecimento, o ascensorista pode ser mais desencanado. Nos prédios povoados por consultórios médicos, por exemplo, é comum vê-los discretamente uniformizados, sentadinhos naquela tábua reclinável, alternando o toque dos botões com a leitura de um livro (auto-ajuda e espíritas são os mais pedidos). Esses normalmente dispensam o 'boa tarde', e parecem estar ali improvisados, só para quebrar o galho do colega que se ausentou.

Até para ser ascensorista de elevador é preciso ter cacoete.

Como temos o dom de nos adaptarmos até às situações mais indigestas, creio que a pior parte do distinto serviço não é a clausura, tampouco a trilha sonora bocejante, as conversas profundas sobre o tempo e os flatos amaldiçoados. O que deve deixar os ascensoristas decepcionados é que, ao contrário dos garçons, entregadores de pizza, ajudantes de caixa de supermercado e carregadores de mala, eles não recebem uma gorjetinha sequer.

Afinal, quem diabos vai dar gorjeta por ir do térreo ao quinto andar? Ao menos as viagens mais longas, que vão do 3º sub-solo ao 20º andar poderiam render uma moedinha, quem sabe... Talvez se o 'piloto' fizer o trajeto sem paradas, economizando uns... 30 segundos do passageiro?

É, não tem jeito mesmo. Sugiro ao sindicato dos ascensoristas de elevador uma reivindicação diante do governo e da sociedade. Esses mal-agradecidos que mal os olham nos olhos, preferindo a companhia do espelho a uma prosinha à toa, que pode render informações preciosas sobre o chefe ou aquela secretária gost... interessante do 12º andar.


SOBEEEEEE!!!





5 comentários:

Thiago Padula disse...

Se me permite a discordação, eu acho que profissão pior ainda é a dos coitados que precisam se fantasiar de palhaço/mickey/urso/pikachu em festas infantis. Esses aí deus tem que vir cumprimentar pessoalmente na porta do céu.

Tony disse...

Imagina como deve ser o teste de admi�o do ascensorista... Hardcore!!!

Lady Dari disse...

thiago, neste mesmo naipe, temos o coitado do papai noel na frente das lojas em dezembro!
aqui onde o calor eh infernal, os velhinhos ficam com cara de depressivos e sonolentos em suas cadeiras duras sob uma sombra q nada ajuda!

lolvéi!

Anônimo disse...

Hi, as you can see this is my first post here.
I will be happy to get any help at the beginning.
Thanks and good luck everyone! ;)

Anônimo disse...

Another informative post. This is a very nice blog that I will definitively come back to several more times this year!

Related Posts with Thumbnails